22.7.09

BNDES lança mecanismos de financiamento para apoiar setor ambiental

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou novos mecanismos de financiamento destinados a apoiar iniciativas no setor ambiental. A partir de agora, o Cartão BNDES poderá financiar diagnósticos ambientais e serviços de certificação para sistemas de rastreabilidade, enquanto o BNDES Florestal apoiará o reflorestamento, a recuperação e o uso sustentável das matas.

O banco de fomento também anunciou a criação da Compensação Florestal, que financiará a regularização do passivo de reserva legal em propriedades rurais destinadas ao agronegócio; a criação do BNDES Mata Atlântica, que se constitui em apoio financeiro não reembolsável para projetos de reflorestamento de espécies nativas desse bioma; e a abertura do FIP Florestal, um fundo de investimento para participação acionária em empresas ou empreendimentos com foco em ativos florestais.

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, ressaltou que essas novas linhas já estão disponíveis e afirmou que não há teto orçamentário para desembolsos. Segundo ele, para a Compensação Florestal, por exemplo, foram alocados R$ 300 milhões até 2012, mas, caso seja necessário, mais recursos poderão ser alocados.

Além dessas novas modalidades, o banco de fomento já disponibilizava diversas linhas e mecanismos para frigoríficos e pecuaristas. O Cartão BNDES financia equipamentos utilizados na implementação de sistemas de rastreabilidade do gado, enquanto a Linha Inovação e o Funtece financiam inovações tecnológicas para o setor. Além destes, a Linha Meio Ambiente apoia projetos para controle de poluentes, sistemas de gestão ambiental e certificações; o PMAE financia a modernização dos órgãos ambientais estaduais e a regularização fundiária; e o Propflora apoia o plantio comercial e a recuperação de florestas.

No ano passado, o banco de fomento destinou R$ 6 bilhões para o setor de frigoríficos e pecuaristas, incluindo as participações acionárias. Para Coutinho, as novas formas de financiamentos e as exigências anunciadas para a concessão de crédito para o setor contribuirão para reduzir o passivo ambiental causado pela expansão da pecuária.

Fonte: Valor Online / O Globo

Um comentário:

###a.l.#### disse...

Auditoria Ambiental Florestal
Prevenindo passivos - Gerando Lucros
Autor: Julis Orácio Felipe
Descrição :
O risco ambiental é um risco financeiro. Essa expressão reflete bem a importância da auditoria ambiental, notadamente em empresas de silvicultura, ramo industrial importante do Brasil mas muito combatido, na grande maioria das vezes injustamente. Para assegurar a todas as partes interessadas a transparência das operações é importante que tais empresas conduzam auditorias internas e externas de maneira que tenham mais uma ferramenta às mãos para geração de resultados e agregação de valor aos seus produtos. Esse livro norteia os primeiros passos na busca da redução de riscos de operação em empresas florestais.
www.clubedosautores.com.br

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...